Notícias


EVENTOS 08 . Fev . 2018

Super Arrastão da Folia: chuva, suor e cerveja



No domingo magro, dia 04, aconteceu mais uma edição do tradicional Super Arrastão da Folia. Ao som da banda de fanfarras “Os Baioaras”, os brincantes desfilaram pelos quatro cantos da sede campestre do Grêmio, com direito à escolha da Musa do Arrastão.


O bloco ficou concentrado em frente ao “Bar do Atleta”, onde o aquecimento foi feito ao som de ritmos de carnaval. Comandando a animação, o maestro Edson Bailarino tocou várias marchinhas, frevos e sucessos como “Foi um Rio que passou em Minha vida”, “Filha da Chiquita Bacana” e “Jardineira”.



A concentração do Super Arrastão da Folia 2018 (Foto: Carlos Lopes)


O Super Arrastão da Folia é uma iniciativa dos dirigentes do futebol Super Master. Carlos Lopes, um dos organizadores do bloco, explica a origem da brincadeira. “O Arrastão começou em 2008, idealizado pelo Haroldo, Vilela e Japonês. Já é o décimo ano deste carnaval surreal, feito a céu aberto, onde os homens se travestem de meninas e tem a coragem de dar a volta olímpica no Grêmio Português”.


Ainda na concentração do bloco, aconteceu a escolha da “Musa do Arrastão da Folia” com vários concorrentes. O título deste ano ficou com a candidata “Melindrosa” (Ademar Tavares), que conquistou os jurados com uma fantasia esplendorosa e cheia de brilhos. Ademar, que também é diretor social do clube, festejou a conquista. “Este é meu primeiro título no concurso de beleza. Espero que venham vários depois desse”, divertiu-se.


O cortejo saiu do Bar do Atleta para dar a volta olímpica na sede campestre, passou pelo Complexo do Lago, parou em frente a piscina retangular e dançou com os banhistas.


Antony Cordovil, associado há 10 anos, acompanha o bloco desde as primeiras edições e já faturou diversos títulos de “Musa do Arrastão da Folia” comentou sua participação no concurso deste ano. “Já fui campeão várias vezes. Fui bicampeão nos últimos dois anos. Este ano não deu tempo. Cheguei ontem de viagem e, infelizmente, não vim produzida do jeito que eu gosto”, disse o folião, fantasiado de unicórnio.



Ademar Tavares encantou os jurados e arrebatou o título de "Musa do Arrastão da Folia" (Foto: Carlos Lopes)


Depois, ao som de mais samba, frevo, carimbó e marchas carnavalescas, o cortejo da folia seguiu trajeto pelas malocas, passou em frente à Estação Lusíadas, quadras poliesportivas e, por fim, chegou ao ponto de partida, o Bar do Atleta. 


CLIQUE AQUI E VEJA A GALERIA DE FOTOS


comments powered by Disqus